Sobre acessibilidade

Serviços

Escola de Governança e Casa Militar promovem curso internacional de segurança de autoridade

Começou nesta segunda-feira, 14, no Teatro Maria Sylvia Nunes, da Estação das Docas, o Curso Internacional de Segurança de Autoridades, aberto às instituições de segurança pública e privada, Exército, Aeronáutica, Guarda Municipal, órgãos ligados à área de segurança e outras instituições interessadas. As aulas serão ministradas por especialistas da área de segurança pública e habilitarão os alunos a planejar e conduzir operações que envolvam a segurança de autoridades. A capacitação tem duração de 120 horas e contempla17 disciplinas, incluindo aulas presenciais e atividades físicas. O curso segue até o dia 25 de setembro, com a participação de 42 alunos.

Essa é a terceira vez que a especialização é ofertada no Pará, sendo que nas duas primeiras ficou sob a organização da Casa Militar da Governadoria do Estado. Nesta edição, o curso é realizado em parceria com a Escola de Governança Pública do Estado do Pará (EGPA), que auxiliou na seleção do corpo docente. “Na prática, esse curso permite e estimula a aproximação dos órgãos da administração estadual, a partir da discussão em torno da formação do servidor público. Isso para a EGPA é fundamental, porque nos torna mais presentes nessa discussão, nos permite mapear melhor as ações de capacitação voltadas ao servidor público e agrega muito para o nosso portfólio, especialmente dentro do contexto dos programas fechados, destinados a uma área especifica”, explica Ruy Martini, diretor da Escola de Governança do Estado.

Entre os 32 instrutores do curso estão autoridades militares como o Major da Polícia Militar do Distrito Federal, Wesley Santos, que proferiu a aula inaugural da especialização, discorrendo sobre a proteção de autoridades em áreas de conflito. “Temos alunos e instrutores de fora do país. Com isso, a gente consegue trocar experiências, reunir órgãos e criar uma rede de trabalho que auxilie na cobertura não só das ações de rotina como de grandes eventos ou situações que exijam um cuidado maior com a segurança das autoridades”, ressaltou o Tenente Coronel Cesar Mello, Chefe da Casa Militar.

A partir da quinta-feira, 17, as aulas serão de caráter prático, com a realização de atividades em campo nos municípios de Terra Alta e Nova Timboteua. Nessas localidades, eles participam de aulas de tiro e de medicina de emergência, entre outras.

O curso atende a uma demanda crescente por aperfeiçoamento e que exige um novo perfil do profissional responsável pela segurança de autoridades. “Há 15 anos, o perfil do segurança era o daquela pessoa grande, forte e de cara feia. Hoje nós temos um profissional muito mais qualificado, de formação ampla e que precisa ter não apenas habilidade física, mas sobretudo um raciocínio rápido. Buscamos nesse profissional outras características comportamentais, além do preparo físico. E nesse contexto, a formação educacional é muito importante não apenas para resguardar a integridade física, como também a imagem da autoridade” conclui o chefe da Casa Militar, Coronel Cesar Mello.

Por Agência Pará Acesse em http://www.agenciapara.com.br/Noticia/117014/escola-de-governanca-e-casa-militar-promovem-curso-internacional-de-seguranca-de-autoridade

Áudios anteriores